quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

SEUS PÉS MERECEM BRILHO E CONFORTO

Imagine se você pudesse dançar a noite inteira sem dor nos pés ou até mesmo se está apertado.




Que tal se na mesma dança você pudesse definir sua altura.









Sabendo que você pode potencializar seu brilho.








A Danzarin sugerindo mais conforto e brilho pra seu natal e ano novo.


domingo, 4 de dezembro de 2016

BATE PAPO SOBRE TANGO COM ANDRÉ MAGRO - SP



A Danzarin compartilha com vocês um pouco da vivência de um dos maiores profissionais de Tango do Brasil, André Magro, que mesmo com a agenda lotada conseguiu um tempinho pra dividir conosco seus conhecimentos.


Danzarin: O que é essencial para dançar tango?

André Magro: A essência do tango dança é o abraço e a caminhada. Enquanto o abraço proporciona a conexão e a comunicação entre os parceiros, a caminhada possibilita e embasa a tradução da música em movimento, ou seja, da dança em si.
O que sempre enfatizo é: não é necessário se fazer passos complexos e elaborados para se dançar tango.
Sempre pergunto aos meus alunos: Se vocês entram na pista para dançar um forró ou um bolero e se divertem dançando o passo básico, porque no tango tem que ser diferente?
Se o aluno encontrar prazer nestes dois simples elementos (o abraço e a caminhada), com certeza se divertirá muito dançando tango. O resto virá com o tempo.

DZ: Qual a sua visão sobre a condução do homem no tango?

AM: A relação do homem e da mulher durante a dança para mim não tem a ver com imposição por parte dele e submissão por parte dela. Em outros momentos, como nos anos 30 ou 40, cuja sociedade e seus valores eram essencialmente patriarcais e machistas, foi diferente. Mas hoje em dia, pelo menos no âmbito da dança, não é mais assim.
Atualmente, a comunicação durante a dança está diretamente ligada à conexão do abraço e à indução do movimento, de uma maneira confortável, gentil e cortês. O homem propõe, sugere os movimentos e a mulher vai ocupando estes espaços, da maneira e forma que quiser, fazendo enfeites com os pés e colocando todo o seu charme e estilo.
Não há como dizer que a mulher é submissa durante a dança, sendo que a sua presença em muitos momentos tem mais destaque que o homem.
Na realidade, o que importa, ou pelo menos deveria importar a nós homens é sentir que estamos fazendo-as felizes durante a dança e nada mais.




DZ: Em que ponto do seu aprendizado de tango você sentiu que a sua dança começou realmente a evoluir?

AM: Muito difícil determinar com relação a minha própria dança. Acho que é como a criança que cresce e não percebe o quanto está crescendo, por se tratar de algo lento e gradual.
No entanto, geralmente percebemos em nossos alunos um bom desenvolvimento a partir de 3 meses de aprendizado e prática.
É claro que tudo depende do quanto este aluno sai para dançar, uma vez que o desenvolvimento do dançarino está diretamente ligado às aulas e aos bailes.
 Não basta apenas ir à academia toda semana ou sair para dançar sem frequentar as aulas. Os dois ambientes devem estar conjugados.

DZ: Quais os benefícios sociais implícitos na prática do tango?

AM: Para convivermos harmonicamente em nossa sociedade, alguns valores são indispensáveis, como por exemplo, o respeito, o cuidado e a tolerância com nossos semelhantes. Quando um casal dança tango, estas qualidades também são necessárias para homens e mulheres tornarem-se melhores dançarinos.
Afinal de contas, quando dançamos com alguém, precisamos sentir como esta pessoa dança, se está acompanhando os passos, ou não. Precisamos respeitar os seus limites e muitas vezes tolerar as suas dificuldades. Mas ainda mais importante, precisamos encontrar qualidades no outro que nos permitam divertimo-nos juntos e não apenas ficar lamentando o que o outro não é capaz de oferecer.
Aprendemos também que quando um casal dança, é preciso um trabalho em equipe, cada qual com a sua responsabilidade.
Todas estas dinâmicas são determinantes para um melhor convívio com nossa família, nossos amigos, colegas de trabalho etc.


Como costumo dizer, o tango é uma extensão de nossas vidas. E cada vez, fico mais convencido disso.


Parceiros desde 2005, André e Andressa realizam um trabalho de pesquisa totalmente voltado para o tango, o que lhes permite ser um dos casais mais completos do Brasil na modalidade. Desenvolveram um estilo de dança que mescla criatividade e movimentos ousados à beleza ao requinte do tango tradicional.
Em São Paulo, dão cursos regulares e workshops em diversas escolas de dança, além de serem os professores de tango do curso de Pós Graduação em danças de salão na FMU.
Lançaram em 2012 o DVD didático “Dance tango: técnicas e fundamentos do tango salão”.
Participaram de grandes eventos do segmento no Brasil como professores e/ou dançarinos, como o Congresso de Tango de São Paulo (2011), Festival de Tango de Brasília (2009), Sampa Dança (2010), Semana da Cultura Latina (2007, 2008, 2009, 2014), ENAF em Poços de Caldas (2015), II Congresso Brasileiro de Tango realizado no Rio de Janeiro (2015), entre outros.
Na Argentina já se apresentaram em cidades como Buenos Aires, La Plata, Mar del Plata. Recentemente, estiveram ministrando workshops e fazendo exibições em Nova York/USA.
O casal integrou o elenco de diversos espetáculos como o “Tango e Paixão: Homenagem a Gardel e Piazzolla” (2007 e 2008), o internacional “Viaje al Sentimiento” (2008), o “Mano de Tango” (2011) e o “Las Cuatro Estaciones de Piazzola” (2012). Em setembro de 2014 produziram e dirigiram o seu próprio espetáculo “Retratos Porteños”, cujo elenco era mesclado por artistas brasileiros e argentinos.
Participaram de várias campanhas publicitárias para empresas como o metrô de São Paulo, a Danone etc.
Destacam a sua participação como os protagonistas de um filme publicitário da Brahma para a final da Taça Libertadores da América entre Corinthians e Boca Juniors em 2012.

terça-feira, 21 de junho de 2016

FOTOS DA MILONGA DE LANÇAMENTO E DO WORKSHOP COM ANDRÉ E ANDRESSA - SP

Acompanhe um pouco como foram os 2 dias de eventos:

A milonga de lançamento em Ribeirão Preto do III Congresso Brasileiro de Tango no dia 10 de Junho na academia Rodrigo Araújo Urban Dance Studio.











 



































E no dia 11 de Junho o workshop top na chácara Vila Toscana com um dos melhores casais de tango do Brasil
André e Andressa -SP

 Aulas Particulares


 Workshop